PAIRA SOBRE NÓS

@ddfontenele

Paira sobre nós o medo
Denso como a neblina pela manhã
Tão frio, palpável e opressor.
Paira o medo nas ruas e nas praças.
Nas escolas e estações de trem
Dentro dos ônibus, dentro das casas.
Medo que não escolhe hora nem lugar
O medo da violência, da barbárie e da morte.
Do desconhecido que pode
Nos infligir trauma e dor.
Também do conhecido que esperaríamos
Somente alegria e amor.
Paira sobre nós o medo.
Não deixemos que ele se assente
Tome conta dos nossos corações
Nem que tinga as rosas que estão nos campos.
Que o vermelho delas não seja feito
Com o sangue das vítimas mortas nas guerras
Daquelas que são violadas, decapitadas
Queimadas, assassinadas.
Não deixemos que o medo
Transforme-nos em seus novos agentes.
Nos paralise e nos impeça de livre ser
De plenamente viver.

Diego Demetrius Fontenele 

Revistaonline #arlequim13 #Homemportuguês #brasil #portugal #brasilportugal🇧🇷🇵🇹 #poesiaportuguesa #poesiabrasileira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s