Coladera – Três universos musicais conectados

Screen Shot 2018-01-04 at 10.43.06

A coladera é um ritmo popular cabo-verdiano nascido da morna, por sua vez originada de ritmos como o fado português e o lundum angolano. Também foi influenciada pelo samba, pela rumba e pela cumbia. É símbolo deste fluxo vivo que constitui o encontro de diferentes matrizes da música popular ibero-americana, a um só tempo tradicional e mestiça, negra e branca, raiz e invenção.

Screen Shot 2018-01-04 at 10.41.12

O projeto deriva da música autoral do cantautor mineiro de Vitor Santana, da música ibérica e lusofónica do guitarrista e compositor português João Pires e da experiência e modernidade do fluminense Marcos Suzano. O percussionista segue como parceiro de Coladera e o cabo-verdiano Miroca Paris, que integrou a banda de Cesarea Evora, assume seu lugar como convidado especial, contruibuindo também na criação musical.

Screen Shot 2018-01-04 at 10.38.42

Os mundos do Brasil, Portugal e Cabo Verde se fundem num diálogo baseado somente em violões, percussões e vozes, trazendo um ambiente sonoro rico em mesclas e mestiçagem. Ouvem-se ecos de África, do candomblé, do fado e do flamenco, do samba, da rumba e do mambo, um português com sotaques diferentes, a eletrônica nascida do acústico. Tudo isso da maneira mais crua, direta e autora.

Screen Shot 2018-01-04 at 10.37.53

Siga-nos em  http://www.instagram.com/sotaques

#brasilportugal 🇧🇷 🇵🇹 #Sotaques #arlequim13 #musica #coladera

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s