MIna – nas profundezas da memória

mm01

“Um projecto musical internacional que mergulha fundo nas profundezas da memória, vem à tona para inspirar a sua beleza e embarca novamente, a caminho de um novo porto.

” Velhas canções atracam no seu cais, chegam carregadas de memórias de um lugar e da vida que nele se respira, chegam impregnadas com o seu aroma e com cada pequeno detalhe das pessoas que desse lugar se apartaram, deixando para trás um legado musical, fruto espontâneo da sua presença.

Com Mina (palavra árabe para “cais”) aconteceu da mesma forma. Os seus membros conheceram-se sem encontros premeditados, sem qualquer plano mas, por uma feliz coincidência, as suas rotas cruzaram-se e juntas trilham agora o mesmo caminho. A banda uniuse para perseguir este legado musical, enriquecido pela sabedoria empírica do povo e pela força das suas vivências, de onde provém a solidez do seu âmago, o seu instinto. Através do instinto primitivo e da pureza sensitiva, o povo escreveu e cantou sobre o amor e a guerra, sobre o que nos unifica ou nos distancia e sobre a beleza, sobre a Mãe Natureza, sobre as revoluções e estórias dos seus antepassados, manifestando os seus costumes e tradições com alegria, esboçando na lembrança as imagens dos seus navegadores à espera de um abraço no regresso a casa, das promessas de reencontro dos amantes e dos sonhos dos revolucionários sedentos de liberdade.

Mina junta os músicos portugueses Pedro Lima Pereira (Guitarra), Ricardo Coelho (Percussão), Rui Ferreira (Piano, Baixo Eléctrico) e Sofia Adriana Portugal (Voz, Percussão), à palestiniana Terez Sliman (Voz, Percussão) para descobrir estas canções e rumar novamente, levando-as numa viagem para novas coordenadas de espaço-tempo através da sua musicalidade, sempre acompanhados pelo imprescindível trabalho de Miguel Guerra (Técnico de Som) e de uma família em expansão: Muaz Aljubeh (Técnico de Luz), Sana Jammalieh (Designer Gráfica) e Asmaa Azaizeh (Coordenadora de Media).

Na outra margem, Minaa guarda por uma canção para atracar no seu porto, de onde voltará a embarcar… Oferecemo-vos Mina , o cais de onde vos convidamos a embarcar connosco para a nossa próxima viagem, tornando-a, na vossa companhia, uma experiência ainda mais enriquecedora…

mm02

|Arlequim

Link para visualizar a revista on-line: https://issuu.com/sotaques/docs/rs10f

#Sotaques #Outono2016 #Brasil #Portugal #Sotaquesbrasilportugal#Portugueses #Brasileiros #Porto #Lusobrasileira #arlequim13 #Música #Mina

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s