Há 80 anos morria em Lisboa o grande poeta Fernando Pessoa

Almada-Negreiros-Retrato-de-Fernando-Pessoa-1964No dia 30 de Novembro de 1935 morria aos 47 anos, em Lisboa, o poeta Fernando António Nogueira Pessoa. O poeta que protagonizou, no século XX, o milagre da desmultiplicação poética – que foi, ao mesmo tempo, o futurista Álvaro de Campos, o citadino Ricardo Reis, o pastor Alberto Caieiro ou o diarista metafísico Bernardo Soares no livro do dessassosego, entre centenas de heterónimos criados pela sua fulgurante imaginação.

Todos eles foi Fernando Pessoa, o poeta português mais universal !

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s