O 25 de Abril que uniu Portugal e Brasil

25_Abril_1983_Porto_by_Henrique_Matos_01

Na madrugada de 24 para 25 de Abril de 1974, um destacamento de tanques, dirigido pelo capitão Salgueiro Maia, vindo de Santarém, entrava em Lisboa. O sinal da revolução da revolução dos cravos – uma vendedora de flores deu uns cravos aos militares, que os puseram nas espingardas, tornando-se esta imagem um símbolo da Revolução –  tinha sido dado pelas músicas “E depois do Adeus” de Paulo de Carvalho e Grândola Vila Morena, e os capitães de Abril tomavam a iniciativa, cercavam as forças da Ditadura, atacavam  o Largo do Carmo onde estava o Presidente do Conselho, Marcelo Caetano, desmantelavam a Polícia Política – PIDE – e mudavam a situação política em Portugal.

Caia a Ditadura, que asfixiara o país durante quarenta anos. E nascia uma Democracia, com eleições livres e partidos políticos, liberdade de imprensa e de expressão.

Do outro lado do Atlântico, Chico Buarque de Holanda, cantava “Tanto Mar” em homenagem à revolução portuguesa. Um exemplo para todos os portugueses e brasileiros que acreditavam e acreditam na democracia.

Viva o 25 de Abril !Viva a Liberdade !Vive a democracia em Portugal e no Brasil !

Rui Marques

http://www.facebook.com/sotaques – 25 de Abril sempre !

#sotaques #Brasil #Portugal #RuiMarques #25deAbril #ChicoBuarque #TantoMar #sotaquesbrasilportugal

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s