Sonhos de Primavera/Verão no Portugal Fashion 2015

Fátiam lopes

A moda é um espaço de sonho e de arte. O Portugal Fashion 2015 relembrou-nos essa dimensão onírica dos criadores,  que nos fazem sonhar com as propostas para os dias quentes da Primavera e Verão de 2015.

Os dois primeiros dias do Portugal Fashion 2015, no Porto, estiveram marcados pelas propostas de cores forte para a coleção Primavera/Verão. A moda portuguesa afirma-se nas grandes passarelas internacionais, e o evento mostra esta internacionalização crescente dos criadores nacionais.

1 Dia :

Anabela Baldaque fechou o primeiro dia com um desfile de moda feminina  sintomaticamente chamado Anywhere,  inspirado nos anos 20 e 50, com rendas, brocados e filmes. Antes destacou-se Susana Bettencourt com o seu trabalho de branco de rendas, chamando a atenção para a dimensão artesanal e artística, Carla Pontes com a sua coleção PI apostando  em tons invulgares como a lima, cinza e petróleo ou o designer Hugo Costa cuja coleção de calçado evidenciou uma identidade que cativou o público.

Dia 2 :

Na sexta-feira foi o consagrado Luís Onofre a fechar os desfiles. A sua coleção de malas e sapatos rasos, leves, desportivos, inspirados no Oriente conquistaram a plateia com a sua elegância. De grande qualidade também foram as propostas de Katy Xiomara – colecção Wire  Frame, com o preto e branco a predominar, vocacionada para a mulher urbana – Diogo Miranda com os seus tons vivos como o azul-marinho, o amarelo, o beje ou o preto, os tons leves e sofisticados  de Ricardo Preto, a irreverência e criatividade da Vicri ou as cores urbanas e personalizadas de Júlio Torcato.

 

3 Dia :

O último dia do Portugal Fashion 2015 foi marcado pelo regresso à passarela de Nuno Baltazar. E o criador não defraudou as expectativas: a sua coleção intitulada ” Le mépris” inspirada no imaginário cinéfilo, na mitologia clássica, nas cores vivas do mediterrâneo, na Ilha de Capri ou em figuras como Corto Maltese, trouxeram uma aura de sonho que inundou o evento.

Fátima Lopes, por sua vez, encontrou inspiração nas artes  gráficas e em figuras do rock. A sua coleção ” ready to wear” modela a silhueta do homem e da mulher contemporânea, que se sente bem na sua pele.

Miguel Vieira surpreendeu mais uma vez com a sua coleção ” elegância descontraída”. O luxo e a sofisticação foram as principais características de um desfile em que imperaram cores como o azul, o preto e o branco nuvem.

Carlos Gil ofereceu-nos um delicioso ” Mach Point” . Inspirado no jogo de ténis, com cores onde predominam o branco e o preto ou o pó – rosa, enaltece os valores de uma mulher moderna e sofisticada, que gosta de desporto e de afirmar a sua personalidade.

O espaço Bloom  foi mais uma vez um laboratório que mostrou a irreverência dos novos criadores. Pedro Neto, João Rola, Catarina Santos e Eduardo Amorim foram os vencedores de um concurso que continua a dar frutos – desde 2010 já foram lançados 27 designers e 3 marcas para o mercado – e que foi mais uma vez um sucesso pela aposta na criatividade.

Em resumo: a moda continua a fazer-nos sonhar ! Um sonho de uma Primavera/Verão cheio de cor, elegância e beleza para 2015 !

Arlequim Bernardini

www.facebook.com/sotaques – Uma revista cheia de estilo

 

 

Espaço Bloom

Portugal Fashion -3º Dia

Portugal Fashion -2º Dia

Portugal Fashion -1º Dia

 

 
#sotaques #moda #Portugal #Sotaquesbrasilportugal#portugalfashion #pf35 #sprinkle #pfsprinkle

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s