A arte uniu William Gavião a Portugal

William Gavião 05

O teatro português e brasileiro sempre tiveram uma relação muito forte. Desde o Teatro de revista português que influenciou o teatro brasileiro, nos primórdios do século XX, até às companhias que circularam entre o Atlântico, ou os atores que trabalharam nos dois países. O actor e encenador brasileiro William Gavião é um exemplo bem sucedido dessa ponte cultural que urge fortalecer.

Para muitos actores, o palco é o lugar sagrado. Uma espécie de espaço religioso e cósmico que faz do actor um sacerdote,  que transmite à sociedade as verdades inconvenientes que ela procura esconder.

William Galvão vive há 22 anos em Portugal,  e conserva bem presente essa chama da arte teatral. Ouvi-lo nesta entrevista leva-nos a pensar  na importância das artes na ligação luso-brasileira, e da forma como ela quebra barreiras, junta homens e mulheres, aproxima-nos de um modo muito mais íntimo .

O seu trabalho em projectos como “ Salvé a  língua de Camões” é um notável exercício de enriquecimento da língua e da cultura. Criado pela sua companhia Teatro Reactor de Matosinhos, já vai na 11ª edição, com parcerias com a câmara municipal local e a Quinta de Santiago.

Um projecto que se prolonga durante um ano, e decorre na última quinta de cada mês na Quinta de Santiago. Consiste na leitura de textos dramatizados de autores de países como Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde ou Guiné Bissau, e  tem proporcionado um intenso intercâmbio, com várias companhias teatrais desses países a virem a Portugal e, por exemplo, o Brasil e Cabo Verde a receberem estes espectáculos.

Em 2014, o projecto entra na sua 11ª edição, com novas parcerias e convidados. O que é uma óptima notícia para todos aqueles , como a revista Sotaques Brasil/Portugal, que acreditam na importância das artes como vínculo cultural entre os povos.

Além da sua actividade como actor e encenador, o nosso entrevistado descobriu em Portugal a sua vocação como docente. Como alguém que quer deixar um legado e transmitir às novas gerações a paixão pelo Teatro.

William Galvão é, sobretudo, um apaixonado por Portugal. Alguém que encontrou na arte que ama um elo de ligação ao nosso país.

Fortaleçamos esta união. Porque a arte e a língua unem-nos nesta tarefa comum: tornar a nossa cultura cada vez mais forte nas nossas fronteiras e fora delas.

Rui Marques

 

www.facebook.com/sotaques  – O Palco da sua Cultura

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s