Panteão acolhe Sophia de Mello Breyner

Sophia Andresen

O Panteão nacional  recebe esta quarta-feira  os restos mortais da poetisa portuguesa, Sophia de Mello Breyner. A cerimónia de trasladação decorrerá esta tarde , e a escritora ficará ao lado de outras personalidade da cultura e da vida nacional como Aquilino Ribeiro e Humberto Delgado.

Falar de Sophia é referir a busca incessante da pureza das palavras, do fio condutor que liga o olhar ao mundo, o poema à essência das coisas, que une o homem e o mar. Essa conexão vital, única, que faz da linguagem uma estrada que todo o ser humano percorre em busca de si próprio.

Obras como “ Canto sexto” ou “ Coral” são etapas desse caminho de profunda depuração poética. Mas Sophia ultrapassa a poesia ao escrever livros de contos tão admiráveis como “ Contos exemplares” ou clássicos da literatura infantil como “ A fada oriana” ou o “ Cavaleiro da Dinamarca.

A verdade que está inscrita em cada palavra que dizemos é, no fundo, a grande lição de Sophia. Essa verdade sábia e simples que nos aproxima mais da nossa alma.

www.facebook.com/sotaques – Cultura e Língua em rede !

R. Marques

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s