Raul Solnado

Raul

Unanimemente reconhecido como um dos maiores nomes do humor português, começou a fazer teatro na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul (1947), profissionalizando-se em 1952.

Em 1953 estreia-se no teatro de revista com “Viva O Luxo”, apresentado no Teatro Monumental. Entra também em “Ela não Gostava do Patrão”.

Em 1960 torna-se primeiro actor na peça “A Tia de Charley” apresentada no Teatro Monumental. Participa no filme “As Pupilas do Senhor Reitor” (Prémio S.N.I.).
“A Guerra de 1908”, um sketch do espanhol Miguel Gila, adaptado para português por Solnado, é interpretado na revista “Bate o Pé”, estreada no Teatro Maria Vitória em Outubro de 1961. Entra também no filme “Sexta-feira, 13”.

O disco que reunia “A Guerra de 1908” e “A História da Minha Vida”, editado em Abril de 1962, bateu todos os recordes de vendas de discos.

Em 1962 entra em “Lisboa à Noite”, em cena no Teatro Variedades, onde interpreta os sketcks “É do Inimigo” e “Concerto do Inimigo”. É protagonista do filme neo-realista “Dom Roberto”, de José Ernesto de Sousa. Vence o Prémio de Imprensa para melhor actor de cinema.
Após 1963, faz teleteatro no Brasil, onde se apresentou em programas das TVs Record e Excelsior, e na RTP. “Vamos Contar Mentiras” é o grande espectáculo do ano de 1963. Torna-se em 1964 fundador e empresário do Teatro Villaret. A estreia foi em 1965 com “O Impostor-Geral” onde foi o protagonista.

Mariema e Raul Solnado recebem os Prémios de Imprensa para melhores actores de teatro de revista.

Em Maio de 1966 foi lançado o EP “Chamada Para Washington.”
O EP “Cabeleireiro de Senhoras” foi lançado em Dezembro de 1968. Em Janeiro de 1969 foi editada a compilação “O Irressistível Raul Solnado” que incluía alguns dos principais exitos editados anteriormente em EP (História do Meu Suicídio, Chamada para Washington, O Bombeiro Voluntário, A Guerra de 1908, O Cabeleireiro de Senhoras, História da Minha Vida).

No dia 24 de Maio de 1969 foi gravado o primeiro programa do “Zip-Zip”, no Teatro Villaret. A última emissão foi no dia 29 de Dezembro do mesmo ano. O programa da autoria de Solnado, Fialho Gouveia e Carlos Cruz foi um dos marcos desse ano.
Em Dezembro de 1969 é o protagonista de “O Vison Voador”.
A peça “O Tartufo de Moliére” é estreada em Janeiro de 1972. Ainda em 1972 participa na revista “Prá Frente Lisboa”. A canção “Malmequer” tornou-se um grande êxito popular.
Em 1974, fez quadros humorísticos de sucesso no programa Fantástico, da brasileira Rede Globo1
Em 1975 estrela o filme “Aventuras d’um Detetive Português”.
O programa “A Visita da Cornélia” é um grande sucesso da televisão portuguesa em 1977.

Com César de Oliveira adapta a Peça “Checkup” do dramaturgo brasileiro Paulo Pontes. “Isto É Que Me Dói” incluía no elenco Raul Solnado, Guida Maria, Helena Matos, Joel Branco, Cândido Mota, Luís de Mascarenhas e David Silva.

O single “Dá O Cavaquinho, Os Ferrinhos e a Pandeireta” de 1978 inclui dois temas de Luiz Miguel d’Oliveira: “É Tão Bom Sabe tão Bem” e “Viste O Lino?”.

Raul Solnado pertencia ao Grande Oriente Lusitano (GOL) desde meados da década de 1980, embora depois não tivesse sido muito activo.2

Repete o enorme êxito com a peça “Há Petróleo no Beato” de 1981. “Super Silva” foi outro êxito enorme.
Com Fialho Gouveia e Carlos Cruz apresenta na RTP o programa “E O Resto São Cantigas” onde foram recordados músicos e compositores da época áurea da música ligeira portuguesa.
No concurso televisivo “Faz de Conta” mostra todo o seu talento ao contracenar e improvisar com os concorrentes que lhe davam réplica.
Na televisão é o protagonista da sitcom “Lá Em Casa Tudo Bem” que dura vários meses.

Em 1993 participou, ao lado de Eunice Muñoz, na telenovela “A Banqueira do Povo” de Walter Avancini.
Raul Solnado faleceu no dia 8 de Agosto de 2009, vitima de doença cardiovascular e os seus restos mortais descansam no Cemitério dos Prazeres. Será para sempre um ícone do povo português e de Portugal.

http://www.facebook.com/sotaques

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s