Entrevista com a atriz Rita Ribeiro

50x501 “Há muitas Gisbertas à nossa volta”

Gisberta foi um dos maiores desafios da vida artística de Rita Ribeiro. A atriz falou à Revista Sotaques sobre esta peça, encenada pelo dramaturgo brasileiro Eduardo Brandão, que lhe tocou o coração de artista.

A História da transexual brasileira Gisberta Salce Júnior, tragicamente morta no Porto por um grupo de adolescentes, tem uma força que ultrapassa fronteiras, e pode chegar ao Brasil.

P – Qual foi o maior desafio que teve para interpretar a mãe da Gisberta ?

Rita Ribeiro – Interpretar este papel foi um dos maiores desafios da minha vida. Apaixonei-me pelo texto, porque era como uma carta fechada, que exigia de mim não só a vertente interpretativa, mas também tinha uma componente humanitária, de denúncia e reflexão sobre um episódio trágico. Foi como voltar à estaca zero e começar de novo.

P – Como surgiu esta Peça ?

Rita Ribeiro – Eu conheci o Eduardo Brandão na casa de um amigo comum, o Tiago Torres da Silva, num jantar e aí falamos na hipótese de trabalharmos em conjunto. Mais tarde, apresentou-me a ideia e achei interessante interpretar a mãe da Gisberta, que ama a filha ,apesar das diferenças, porque amar é aceitar o outro e não tentar que ele seja como nós queremos.

P- Conhecia a História da Gisberta ?

Rita Ribeiro – Conhecia o que li na comunicação social. É um episódio que nos faz tomar consciência de que existem muitas Gisbertas à nossa volta, e que temos de estar atentos a situações de discriminação e de intolerância.

P – Como foi a recepção do público do Porto ?

Rita Ribeiro – Foi extraordinário ver a sala cheia nos espectáculos: o público do Porto é muito afectuoso, e foi maravilhoso sentir a emoção das pessoas, que voltavam a casa com uma reflexão sobre este episódio que se passou na cidade.

P – A Rita Ribeiro é uma atriz com uma grande carreira no Teatro português. Como vê o panorama teatral na atualidade ?

Rita Ribeiro – Eu vejo o Teatro como a grande Escola de um ator. Estamos a atravessar uma fase tumultuosa, de grandes mudanças, mas não podemos perder o entusiasmo.

P – Sente que estava predestinada a ser atriz ?

Rita Ribeiro – Não acredito na predestinação. Nós somos construtores da nossa vida, e embora tenhamos dúvidas existenciais, ao longo do nosso percurso, tomamos as decisões que nos tornam mais felizes.

Ser atriz é uma escolha que encaro com serenidade e clareza.

P – Quem são as suas referências no Teatro português ?

Rita Ribeiro – A minha mãe e o meu pai são as minhas referências. O meu pai era um homem charmoso e bonito, um grande ator, tal como a minha mãe, que ainda é viva, e era igualmente uma atriz excepcional.

P – Que papéis gostaria de interpretar que nunca fez ?

Rita Ribeiro – O Agostinho da Silva dizia “não faças planos para a vida, porque podes estragar o que a vida tem preparado para ti”. Não tenho papéis de sonho, faço o meu trabalho com paixão e a vida acaba por abrir-me novas portas, novos projectos, novos papéis.

P – A Revista Sotaques fala da diversidade dos Sotaques. Como é que é o seu sotaque ?

Rita Ribeiro – O meu sotaque é alfacinha. Mas é muito interessante este fenómeno dos sotaques: quando estou no Porto, por exemplo, começo a falar à moda do Porto.

Os Sotaques são como cantigas ou músicas. Na minha carreira, já tive de fazer um sotaque espanhol – para um papel na Relíquia – ou italiano – para interpretar a Maria Callas – e é sempre um desafio especial para um ator conseguir ser credível a falar outra língua.

P – Gisberta poderá ser representada no Brasil ?

Rita Ribeiro – Gostaria muito de fazer uma digressão, com esta peça, no Brasil. Não há brasileiro que não tenha um português na

família, e seria muito gratificante levar um espectáculo com esta qualidade para lá.

P – Para a Rita Ribeiro o Teatro é ….

Rita Ribeiro – O Teatro é a minha vida.

http://www.sotaques.pt – Entrevistas com alma e coração

R. Marques

#sotaques

#Brasil

#Portugal

#Ruimarques

#Teatro

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s