Crónica de um Génio Português

paulodecarvalhoÉ isto um Génio. Com Paulo de Carvalho não há dúvidas: a voz perfeita, doce e forte simultaneamente, que nos conduz com uma mestria que só os grandes, os gigantes, alcançam.

Mais de duas horas de prazer por estar a ouvir cantar numa Língua Portuguesa que, diziam alguns, não teria as mesmas potencialidades que o mais comercial inglês para nos expressarmos na arte musical. Mentira, a Língua de Camões e de Fernando Pessoa, nasceu para ser cantada. É como uma Jóia esculpida sílaba a sílaba, que faz de cada peça do colar um manancial de significados, uma metáfora aberta para o infinito.

Paulo de Carvalho, acompanhado por um talentoso pianista, resgatou as cordas vocais e emocionais de um Tempo, de uma História, de um País. Hinos à Liberdade e à democracia como o eterno “ E depois do Adeus”, hinos ao amor adolescente como o inevitável “ Chamava-se Nini”, antigos e novos êxitos e até a sentida homenagem ao seu amigo Ivan Lins,  unindo Portugal e o Brasil, foram os momentos altos de um Concerto portentoso.

Um espectador emocionado não deixou de dizer, numa pausa entre músicas,  que o cantor era como o Vinho do Porto. Sem dúvida que é: Paulo de Carvalho é com todas as letras da nossa maravilhosa Língua, um Génio português.

R. Marques

www.sotaques.pt – Música com tradição e modernidade no seu site

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s